domingo, 16 de agosto de 2009

Sobre Plágio e Outras Incivilidades

Uma vez, quando eu era apenas uma menininha, minha mãe me deu uma chinelada em cada mão porque eu havia surrupiado brigadeiros que ela havia feito para a minha própria festa de aniversário. Tecnicamente os brigadeiros eram meus e eu poderia dispor deles como bem entendesse, mas ela me fez compreender, à base de muita argumentação - tanto a argumentação verbal, que nem sempre dá certo, quanto a argumentação sempre infalível das legítimas Havaianas, porque eu apanhei pouco antes de os convidados chegarem e foi por um triz que escapei de passar um grande vexame, mas ainda assim tiver de escorregar dos que me perguntavam por que eu estava com as mãos vermelhas e um tanto inchadas - que o que PARECE nosso nem sempre é, e que deve existir uma coisinha chamada bom-senso piscando dentro da cabecinha da gente para nos lembrar sempre que não precisa existir uma plaquinha neon com o nosso nome escrito a fim de identificar o que é de um e o que é de outrem. Esse pequeno contratempo, apesar de vexatório, serviu para me ensinar a reconhecer sem margem de erro não apenas o que é de César, ou de Maria, ou de Joana, ou de Aderbal, mas, principalmente, para reconhecer o que é meu e não deixar que ninguém surrupie meus brigadeiros, sejam eles de chocolate, de papel, de pixels ou sob a forma de propriedade intelectual.

À Srta. Gabi Argolo e a todos os outros que ainda copiam trechos de determinados textos e não citam seus autores: não me importo que reproduzam o que escrevo, mas citar a autoria é questão de educação, ética e inteligência. Citem, ou não copiem. Copiar sem creditar a autoria é mais do que falta de educação: é PLÁGIO. E plágio, só pra lembrar aos que fazem questão de esquecer, é crime.




56 comentários:

Marcos Vinícius Almeida disse...

O plágio...
poxa...
Tadinha da moça, não conhece a ABNT dos blogues.

claudio r. disse...

É, Flavinha.... Infelizmente com essa era de internet, comunidades e blogs, estamos expostos a esse tipo de crime.

Não temos muito o que fazer além do que vc fez: gritar!

(este comentário faz parte da campanha "Comente qquer merda, mas se ler, comente!" para blogueiros mais felizes)

beijo

Naaaany ☼ disse...

vixeeee

gente sem ética é o fim!

A Senhora disse...

É... Isso tem o seu lado bom e o seu lado mau. O bom é que você está sendo reconhecida como escritora, e muito boa escritora. O mau é que não está sendo reconhecida... pois simplesmente ninguém sabe que é seu o texto.

Espero que ela tenha aprendido a pequena lição. ;)

beijinhos, querida

N. Mylonas disse...

Nossa.
Esse povo não tem simancol em casa.
Eu fico bem triste quando isso acontece,sabe ?
E é o segundo post hj que vejo isso !!

Beijos =)

Anne disse...

E ainda acha q tá abafando com algo que nem foi ela q escreveu... pelamor. Dá raiva sim, pq isso já passou da fase "opa, esqueci", pra fase "copiei na cara dura" mesmo. Tooodo mundo sabe q tem q por autoria, mas como vc disse, parece q esquecem...

Hunf!!!!!

«Line» disse...

Imaturidade misturada com falta de informação e uma pitada de cara de pau. Essa é a receita.

Bjm Flavinha

Carolda disse...

Há tmepos venho aqui e leio seus textos, mas acabo esquecendo de comentar. Já fiz mais isso, qdo tinha meu outro blog: carol.beyond-obvious.net, nem sei se vc se lembra.
Mas é, plágio me causa ojeriza. Falta de bom senso é broxante.
Beijo

Carolda disse...

tempos*, né.

Carolda disse...

Ah, tô te seguindo no tuíter ;)

Anônimo disse...

Ei, vc é muito maior que isso. Deixa levar. Garanto que talento que essa pequena quer tanto roubar nunca vai te faltar. Essa é a diferença, entendeu?

Mônica disse...

Sei que não é lá muita coisa, mas pelo menos ela colocou o texto entre aspas, o que deixa claro que pelo menos que a autoria não foi atribuída a si própria...

Bjs

Dama de Cinzas disse...

Queria saber o porquê das pessoas agirem assim. Será que elas acham que isso vai trazer mais valor pra elas?

Beijocas

Anônimo disse...

Mas ela colocou entre aspas, oq de aguma forma já deixa claro que n são palavras dela...
Td bem,são suas...mas assim como as suas, as de Linspector, M. Medeiros, C.F.A,enfim...tbm são postas em orkut pra se 'descreverem'...acho q é uma forma de se 'reconhecer' naquilo que o outro escreve...e isso acontece com qq um de nós...
Mas se incomoda tto, acho q deveria falar com a moça, pedir q coloque teu nome lá!
Passo aqui faz tempo mas tbm nunca comentei...e gosto mto das coisas q escreve!Parabéns!

Lilian Dalledone disse...

Minha solidariedade, Flavinha.
O pior de tudo é que não há freios pra esta gente, né?...

Mauri Boffil disse...

Gente, e plágio tá tão na moda... é o 3º blog-texto de amigo meu que é plagiado

Tâmara disse...

é lamentavel!...

Vinícius Aguiar disse...

É... sem palavras pra isso! É crime, basta!

Flávia disse...

MARQUINHO, o importante é que a gente conhece :)

CLÁUDIO, bem vindo por aqui. A gente só pode fazer barulho mesmo, e contar com as pessoas que também reconhecem o quão prejudicial pode ser essa pequena grande omissão...

NAAAANY, NAT, ANNE, LINE, DAMA, LILIAN, MAURI, TÂMARA, VINÍCIUS, é porque existem pessoas como vocês que este blog permanece aberto e funcionante!

CAROLDA, bem vinda de volta, nêga!

MIRIAN, também espero - pode parecer pequeno, mas de pequeno em pequeno... já pensou?

ANÔNIMO DO DIA 16, muito obrigada pelo apoio :)

MÔNICA, o que não esclarece a autoria, não é?

ANÔNIMO DO DIA 17, como disse acima, colocar entre aspas não esclarece a autoria. E, em um veículo de comunicação e informação como a Internet, isso significa muita coisa, sim. Cada trecho divulgado anonimamente é interceptado por um número incontável de pessoas, que gostam, e reutilizam, e novamente ele é lido por um número incontávem de pessoas... até que vira domínio público. E isso, autor nenhum quer. É frustrante ter que provar que algo que vc criou é seu porque alguém teve a má idéia de omitir esse detalhe, não é? Quanto a falar com ela, foi a primeira coisa que tentei - se tivesse dado certo, esse post seria totalmente desnecessário. Ou não; nunca é demais lembrar que propriedade intelectual está aí pra ser respeitada. Sinta-se sempre à vontade por aqui, é um prazer te receber, e comente sempre que sentir vontade. :)


Beijos a todos e obrigada pela força!

Keli Grazieli disse...

Flávia!!!
Adoro seus textos...
passo aqui pelo seu blog todos os dias! Sou fã mesmo, sabe como?
Por este motivo, pela admiração que eu tenho pela escritora INCRÍVEL que vc é, vez em quando, eu uso seus textos no meu perfil do orkut (aliás, somos "amigas de orkut") e sempre faço questão de citar a sua autoria! Sempre!
Te dou todo apoio nesse "protesto". Tb escrevo meus textos (não tão bons qto os seus, é claro, rsrs) e detesto qdo usam sem citar a minha autoria, se "vangloriando" por aquilo que EU produzi intelectualmente.

Por isso te entendo... e vou continuar usando seus textos, citando a sua autoria e, principalmente, indicando a leitura do seu blog a todos os meus amigos!

Bjo grande!!!
Tudo de bom!

Talita Prates disse...

Flávia, sua argumentação foi eficaz, pois a moça lá mudou o texto... rs.
Ora, o mínimo, né?
Bjo!

Lorita disse...

É crime MESMO! Além de mico sem tamanho!

Tsc tsc tsc...

Jaqueline Lima disse...

ótimo aviso e lembrança...
o que é de outro não me pertence...

beijos bonita!

Maria Rita disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Maria Rita disse...

Acho plágio uma coisa estranha.. primeiro porque não vejo motivo de não colocarem o nome do autor, e também porque quem gosta de escrever... escreve de coração, mesmo. Nunca tive problemas com isso. Nem de copiar (coloco aspas e os créditos, só não ponho em último caso: de não saber quem escreveu). nem de ser copiada. Mas, enfim... concordo com o que disseram aí em cima: você tem talento de sobra. :D

F. Reoli disse...

Já aconteceu de encontrar um texto meu por aí, sem crédito... mas acabei apertando o foda-se, afinal entendi como homenagem, alguém que pagou um pau sem ter competência pr escrever igual...rs
Beijo

Kari disse...

Lembra daquela lista das ""101 coisas fúteis que sobre mim"?
Pois é... Eu passei dias tentando lembrar de vários momentos e de várias qualidades minhas...
POis acredita que um dia, entrei num blog e me deparei com a minha lista???? E eu fiquei pensando, "como assim? ela nem sabe o que foi isso. Ou o que eu pensei quando aquilo aconteceu...".

Pois é. Acho que, para alguém fazer isso, falta aquela bem básica educação de berço. Dessas que a sua mãe te deu no dia do teu niver...

Beijos

Sunflower disse...

Já roubaram os meus textos, tudo o que senti foi pena, sério.

Beijas

Lídia disse...

Certíssima Flavita!

Rafhitch disse...

Olá Flá! Realmente é muito chato quando nos deparamos com pessoas que copiam nossas criações e não dão o devido crédito!

Beijoss e tenha uma boa semana!

Fica na paz!

Ciça. disse...

É, já tinha visto que você tinha sido plagiada pelo seu twitter.
Absurdo.

beijo.

Taynar disse...

Era só o que faltava, né?

Espero que não volte a acontecer.
E se voltar, argumentação das legítimas Havaianas neles ;)

Beijos, mulher

paulo disse...

Eu já acho que temos de esquecer estas cópias e parar de dar tanta audiência para os que nos copiam sem citar a verdadeira fonte.
Se continuarmos dando tanta importância acabaremos dando fama a eles.

Beijo Flávia

Edu Grabowski disse...

passei pra dizer que te adoro!
e lembrar que amanhã, e depois e depois e depois e sempre... é só olhar pro lado, que eu estarei lá!

plágio... é... as pessoas acham que por estar em um blog, podem sair pegando pra si e tomando posse. Falta de criatividade!
Porque não citar a autoria, igual citamos frases de musicas, trechos de livros, ou alguma fala de filme? Tão mais bonito e verdadeiro... Ou mesmo citar a linha que o inspirou a desenvolver algo próprio...

Pena que mundo a fora existam tantos assim...

beijos linda Flavinha,
seu amigo,
Duds

Fee disse...

Eu fico preocupada com isso, sabe. Que sentido há em fingir que sentiu o que não sentiu, que viveu o que não viveu, que pensou o que não pensou? Não precisa nem dizer que quem copia textos - ainda mais textos como os seus, que vêm registrados com tantas particularidades -, não deve ter lá uma vida, uma história ou imaginação muito interessante. E o pior é que em vez de se dar a chance de olhar para o redor e tentar se sentir alguém único, capaz de criar suas próprias palavras, frases, tentar se expressar de verdade, vai perdendo tempo, revirando a vida dos outros, pra acabar assim, sem identidade, uma cópia feia.

Ps: Desabafei porque também já fui roubada. :o(

Beijo

Bia Kohle disse...

Graças à Deus, essas mesmas palmadas que você levou eu também levei.
Ela não deve ter levado.

Beijinhos!

Mr. Sants disse...

Tá í, dito e muito bem dito. Seu blog é maravilhoso, passei um tempão aqui me deliciando com seus textos.

bjos

Fláh disse...

Eu tbm ja levei muitas dessas palmadas, mas a vida encarrega aos outros de dar ad palmadas a quem aind anao levou.

Tudo ou nada ... disse...

É a vida se mostrando cada vez mais forte
Bjos

Tudo ou nada ... disse...

É a vida se mostrando cada vez mais forte
Bjos

Extase disse...

nem gosto de brigadeiro ou de plagio.

Vinicius disse...

vixe isso ai é normal viu... a internet tá cheio de nego fazendo blog novo .. meu blog é copiado direto... nem esquento mais...

viu quando for pegar brigadeiros pegue escondido rsrsr

Nina Fiuza disse...

Fiquei com pena por causa dos brigadeiros... tadinha. Meu post dessa semana foi sobre essas tais chineladas.

Falando nisso... já achei gente com o meu perfil divulgando o meu próprio blog! Não entendi nada.

Chantinon disse...

Num mundo que o numero um hoje é a China, onde a democracia está diminuindo, e tudo é grátis... Vai se preparando, em algum momento irão tirar nossas casas, carros, dinheiro... E quando tudo isso acontecer, ainda irão falar que é uma revolução.
Tenho uma tremenda dúvida se esse negócio de internet está trazendo ou não benefícios.

Thiago disse...

isso é uma merda... comentei no blog da Jaya sobre o post dela falando de plágio também e nossa, tem gente pra tudo nesse mundo Flavinha.

Beijos guria!

GUILHERME PIÃO disse...

Concordo plenamente, plágio é dose.
Infelizmente a maioria não cria só copia.
Abraços

Walter Filho disse...

Blog muito bom, gostei mesmo, já virei seguidor, com certeza voltarei mais vezes.;)

Menina Nina disse...

Ótimo texto! Já tive um texto inteiro plagiado! Deu muito ódio! Mais ódio ainda eu tive de um texto meu em que tive a idéia roubada em um concurso...e a nojenta ainda ficou na minha frente...

O povo diz: Relaxa, são coisas da vida... Mas não são não! É crime mesmo!

gabriela disse...

é vale resaltar q é mesmo crime...já me plagiaram...e foi horrivel...escrevi um poema pro meu namorado e dpois q terminamos ele mandou o mesmo poema para a atual em questão como se tivesse sido inspiração dele...o poema rendeu e um belo dia o li num varal cultural...e? Assinado por ele!
é d+!!!
Bom,cmo diria um amiga meu...os plagios vem da inveja por nao termos inscrito antes o que achamos tão belo ou tão fabuloso. Não q isso justifique, mas se te copiam é pq qrem ser igual a vc! Aí num é mais nem crime é falta de imaginação...e mta crença no impossivel.
bjus adorei o blog

http://gabimart.zip.net

KG disse...

Querida,
deixei um presente p/ vc (Vale a pena ficar de olho!)lá no meu Blog!
Bj
@newtonkage

Lekkerding. disse...

Maravilhoso, seu texto. Não há o que dizer a respeito. Em poucas palavras, você resumiu o cerne da questão das cópias na internet. Parabéns! Adorei.

Anna Bueno disse...

"Fravinhaaaaaaaaaaa",
Vc sabe que tem meios legais para coibir isso, nao sabe?
Cuide do que é seu sim e se alguem quiser se apossar, lute com todas as forças. Nosso escrito, nosso filho, certo??
Saudade de vc no msn...
Bjosssssss

Renata Rocha disse...

Fabuloso sempre seu blog !

minicontosperversos disse...

Flavinha:

Rolou uma discussão forte lá nos Curitiblogs sobre uma plagiada dessas (no Twitter, inclusive). Era uma imagem roubada. Conseguiram tirar twitter e blog do cara do ar.

Quer que eu te repasse?

E a menina? Manteve lá a "chupada"?

minicontosperversos disse...

POR QUE NINGUÉM NUNCA ROUBA O QUE EU ESCREVO?????

Késia Maximiano disse...

Ai Flá!! nesse exato momento eu to p da vida com uma cidadã q plagiou não apenas um dos meus textos, ams praticamente o meu blog todo... pense na raiva q dá!!! afff..
beeeijo