terça-feira, 22 de setembro de 2009

Lista de Compras

"Menos pela cicatriz deixada, uma ferida antiga mede-se mais exatamente
pela dor que provocou, e para sempre perdeu-se no momento em que cessou
de doer, embora lateje louca nos dias de chuva."

C. F. Abreu


Soundtrack: Anna Nalick - Wreck of the Day




Eu sei; não me omiti de mim nas vezes tantas em que deveria tê-lo feito, sempre fui demais obsessiva em amealhar verdades invasoras esculpidas caoticamente sem qualquer critério ou estratégia. Tenho sido cruel comigo. Tenho medido forças com minha sensatez. Não quero mais essa idéia estranha de realidade interposta entre as cores da casa, preciso de um café. Amargo, para adocicar o destino do dia neste copo que me chega macio à boca. Preciso de uma vontade disparatada que perca no beco sem saída velho conhecido as cópias das minhas chaves. Música interior. Desconjunções. Desobrigações. Desfaçatezes, des, des, des; desisti dessa coisa de fazer sentido. Destinos, onde quer que estejam, não tenham pressa: durmam tranqüilos até as dez. Um bunker. Lá fora, a chuva não se decide. Aqui dentro, relógio, tic-tac-tic-tac-tic-tac escorrendo pelas paredes, mais um café, por favor, e um pouco de água tônica, e aquele desejo antigo que eu deixei por aí nem sei se debaixo da cama ou se dentro do armário, enrolado em alguma roupa velha, mas esse armário, esse aí, sim, esse deixe como está: fechado. É melhor assim. Não é bom mexer com aquilo que, após tanto tempo transtornado com os olhos abertos no escuro, finalmente, e ainda com a testa suada, adormeceu.

Preciso ligeiramente desorganizar a minha vida.


23 comentários:

Denison Mendes disse...

querida flávia,
belo texto. sou um fã incondicional.
beijo,
denison mendes

Luciana disse...

Eu já te disse isso?
KARAK(rs)eu sou tua fã!!!
Vc escreve bem demais!
Queria eu conseguir escrever,desabafar tão lindamente com as palavras como vc.

Lindo!Perfeito!

Mai disse...

Oi, minha linda,
é, é isto...A dor talvez venha daí, Medir forças.
Porque se não for a sensatez, será a emoção, no contraponto à razão a medir forças...
Poder e forças - força e delicadeza.
.
Arte e na arte há poder sem força bruta...
Porque qual é o problema em se ter razão e emoção ou mais a um que outro? Somos 'igualmente' diferentes uns dos outros e por isto mesmo, somos únicos e somos incompletos mas podemos ser UNOS e - diferente a tudo e todos, nos amarmos.
Mas se somos diferentes e nos amarmos, tb amaremos ao outro que é diferente de nós.
Mas isto só se consegue quando a gente se entrega à sensatez de se perceber, tb diferente e assim, baixamos as guardas...
Acreditar em si e porque se ama, creditar a si e creditar ao outro, acreditando no outro...
.
Porque também, a desordem talvez só se dê porque temos a tendência em querermos ser diferente e - o outro igual. Igual a que, se somos diferentes e únicos, né?
...Sei lá...
Você sempre me faz 'viajar, sonhar...
.
É, isto é doidice...
De um ou outro modo isso é loucura ou não? E Ser diferente é loucura?
Amar tanto assim é loucura?
Talvez, sei lá se isto for tão demasiado que eu só ame a mim e não ao outro ou, apenas ao outro e não a mim...
.
Ai, como disse o Caio, vai doer...E vai doer demasiado porque escapa ao poder de controlar, ai tudo ao redor fica feito doidice, loucura e vício que passa mas fica, cicatriza e depois só lateja em noites de chuvas, quando a gente se sente só...
.
Sei lá, Flá, eu sempre acho que o que mata é o tempo que se permanece na dor.
Porque a dor, um dia passa...
Aliás, Tudo passa, na hora de passar esse tudo.
.
E toda hora é hora de se desarrumar e arrumar, desconstruir e construir, desorganizar e depois organizar...
É muito bom estar aqui, foi muito bom, voltar aqui, ler e sentir você, outra vez.
Beijo,
lov u.

Patrícia Lage disse...

Eu tbm preciso, Flaflá, desorganizar tudo para, talvez, saber o que é ordem.
E o café levemente adocicado. Quem diria, aprendi a tomá-lo.


Meu beijo em vc, sempre.

C. disse...

ei. pq sumida assim?

Duanny!. disse...

Que lindo.
adoro o que você escreve, e isso você deve saber de cor, né?
mas fazer o que.. é LINDO.

Lorita disse...

Estas coisas que jogamos no armário e esperamos um amanhã...

tic tac tic tac tic tac

Guria, venha tomar um café comigo, sim?

Beijoooos

Erica Ferro disse...

Me lembrei de Clarice Lispector ao ler esse texto.
Gosto da maneira que você escreve.
Tão linda... tão saída da alma, tão verdadeira e pura.
Ando lutando contra tantas coisas ultimamente. Coisas que estão em mim, tatuadas na minha mente e no meu coração.
Não sei como expulsá-las daqui, de dentro, não sei como apagar...
Tomara que essas coisas ruins e que me tiram a paz possam se transformar, se calar, pelo menos, adormecer e, quem sabe, morrer.

Beijo, Flávia.
Tu tens uma mais fã aqui, eu, Erica Ferro.

a clara menina Clara disse...

desorganize-se!

§Kellen§Fanchini§ disse...

Blog Plavras de Brinquedo VOLTANDO COM A CORDA TODA!!!! não deixe de conferir. Post: Excepcional - Fotógrafa Diane Arbus

Chantinon disse...

Hahaha! Café com água tônica deve ser muito estranho :)
Muito... feminino esse blog/texto, só vocês se compreendem mesmo.
Acho que os homens até entendem, só não compreendem...
Ôh bicho complicado é muie :)

Bjs!

[ rod ] ® disse...

tanto tempo se passou que eu nem lembro mais as hipóteses que me fizeram sumir... o que sei, e isso com a maior certeza, é que voltar é se apaixonar de novo por ti... pelo seu jeito único de expor o sentido de forma tão ampla e ao mesmo tempo só seu... a crueldade maior que fazemos é guardar o sentir... ele, preservado intacto, deve ser averbado... bjs.

Jester disse...

Nossa, como é bonito o que tu escreves!

§Kellen§Fanchini§ disse...

Tem selinho pra vc no Palavras de Brinquedo!!

Fernando R. Silva disse...

Sua última frase teve uma força sintética de todo o texto tão grande, que precisei tuitá-la.

Gosto tanto da força poética que tua prosa tem. Não tem noção.

Beijocas!

Matheus N. disse...

e jaya tinha razão, é lindo passear por aqui :*

GUILHERME PIÃO disse...

Primeira vez que venho e gostei.
Você escreve muito bem, parabéns.
Para mim o negócio é não esquentar e viver a vida do jeito que ela nos vem.
Abraços

.Dazinha. disse...

pois é, os dias chuvosos me trazem esse sentimento de completude vazia, e vc é doce até nisso!

Lugar vazio disse...

vou vim sempre passear por aqui, um bj :*

Lugar vazio disse...

vou vim sempre passear por aqui, um bj :*

B. disse...

Encantador,sedutor,não dá vontade de parar de ler esse texto.
Preciso ser assim desorganizar minha tbm....

Parece uma de muitas noites em claro minha.

iaiá disse...

e eu preciso organizar a a minha, tal como uma listar de compras e ir riscando as metas cumpridas ..mas esqueci o lápis e o pael e não lembro bem em que lugar mesmo...
bj

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,