domingo, 26 de dezembro de 2010

Uma pequena nota.

Que não pretende ser uma despedida formal nem um bilhete suicida.

Mas que vem para registrar que não vamos nos ver por algum tempo - que pode ser longo ou curto, eu não sei, mas que se faz necessário porque são mesmo necessárias pausas e retiros nessa existência nossa de cada dia, mesmo daquilo que a gente mais gosta e sente falta.

Muitas coisas aconteceram na minha vida nesse último ano. Algumas maravilhosas, como a maternidade, outras terríveis, como uma série de decepções pessoais que não valem a pena lembrar mas que não consigo esquecer. Mudanças demais em tempo de menos, o que me tirou algo que sempre julguei intocável: o pensamento.

Então, cuidem daqui como sempre cuidaram. Estejam por aqui, como sempre estiveram. Permaneçam amigos, como sempre foram. Apareçam para um café ou para uma palavrinha. E obrigada, de coração, por tudo o que aqui me ensinaram e proporcionaram.

Amo vocês.



38 comentários:

Cassia disse...

Belo Blog


visite-me também
verdorinvisivel.blogspot.com/

Jacinta Dantas disse...

Oi Flávia,
não dá para esquecer esse lugar tão lindo, acolhedor e que tanto tem para oferecer. Daqui a pouco vc volta a escrever, é só um período de férias.

Um abraço

Charlize disse...

Olá Flavia ..
Lamento por só agora conhecer teu cantinho..( quando estará ausente) ..

Mas dizem que nesta vida nada é por acaso..
Que tenha então um breve e feliz retorno querida ..

beijo meu'

ps: Que 2011 lhe seja um feliz ano, de muitas realizações e que de 2010 esteja gravado em tí ..apenas as boas lembranças ...

thais m. disse...

Eu espero que você volte bem rápido. Mas que esse tempo seja proveitoso e esclarecedor então .
Sendo assim um feliz 2011 pra você! *-*

beijão.

Tainá Facó disse...

Estou torcendo por vc, querida. Tudo de bom na sua vida, pra outra vida que vc sustenta ai dentro.

Um beijo grande.

Fica bem.

Tyr Quentalë disse...

Tenha um bom descanso minha querida, cheia de alegrias da maternidade, pois estas são as melhores que as mulheres podem ter. O resto, é resto ;)

Kari disse...

Pelo visto, o ano de decepções não foi só comigo... Mas Flavinha, tu ganhou o maior presente que alguém pode ganhar: teu filho!

Um abraço bem apertado
e tudo de melhor nessa vida
e nesse novo ano!

Tica disse...

Força!!!
Que tuo se ajeite na sua vida.
Beijos

Anne disse...

Bom saber, ao menos, q vc está bem e tentando organizar as coisas (inclusive o pensamento). Desejo a vc só o melhor, vc sabe disso. Espero q me mande notícias qdo puder, tentei mto te encontrar nesse tempo. Enfim, q Deus te abençoe, sempre!

Amo vc!

Bjos

Talita Prates disse...

se cuida, sua muito-querida!

aguardo, ansiosa, a sua volta, a sua boa volta!

(porque é preciso fazer poesia com a própria vida - que escrever seja mera consequência...)

um beijo,

Talita
História da minha alma

José María Souza Costa disse...

Passei aqui lendo. Vim lhe desejar um Tempo agradável, Harmonioso e com Sabedoria. Nenhuma pessoa indicou-me ou chamou-me aqui. Gostei do que vi e li. Por isso, estou lhe convidando a visitar o meu blog. Muito Simplório por sinal. Mas, dinâmico e autêntico. E se possivel, seguirmos juntos por eles. Estarei lá, muito grato esperando por você. Um abraço e fique com DEUS.

http://josemariacostaescreveu.blogspot.com

Marcos Satoru Kawanami disse...

vc já tinha dito isso.

Grã disse...

Vc é uma das pessoas que meus textos mais adoram dialogar, suas frases precisas pinçaram-me os sentimentos tantas e tantas vezes. Sempre sinto, de forma declarada ou não, a sua falta, tb de forma declarada ou não.

Espero que volte bem, espero que volte logo.

Beijo Doc.

PS: Não pude deixar de lembrar desta Primazia .

Sol Sobreira disse...

Talvez eu tenha passado tempo demais pensando se devia ou naum me mostrar. Te contar que há mais de um ano percorro todo dia o caminho que me trás aqui. Te dizer q vc me fazia transbordar sorrisos a cada novo texto teu. E que fiquei feliz por vc quando soube q ia ganhar um bebê.


Mas vai, menina, Usa o tempo q vc precisar. Eu continuo, aqui. E te espero. Te sigo agora, de forma explicita.

Meu carinho e respeito por vc!

Monday disse...

Vich, é só deixar esse menina andar sem dar a mão pra gente e olha só o que acontece ...

Deixa eu ver onde estava mesmo o telefone do resgate ...

Letícia Losekann Coelho disse...

Flá,
Use o tempo que precisar... Algumas vezes é bom fazer uma pausa. Vou ficar te aguardando, pois realmente gosto muito do que tu escreve :D
Beijos querida, te desejo o melhor para 2011!

Celine Ramos disse...

Boas "ferias"! Mudanças e reflexões.
Estou por aqui.
Beijos

isaque disse...

Flavim, minha linda, é o Isaque. Ou melhor, zaquim. Passei pra deixar um beijo pra você. Desejo pra você o que você merece: Felicidade!
Adoro você minha amiga linda.

beijos!

Monique disse...

tem selo pra você no meu blog.
beijos e feliz 2011!

Priscila Rôde disse...

Que tudo dê certo pra você, Flávia! Que você volte o mais logo possível!

Um beijo!

Mari - é como quero ser chamada. disse...

Vá querida.E fique a vontade assim como eu também ficarei.

*** Cris *** disse...

Adorei saber de sua maternidade. Desejo que 2011 seja repleto de belas surpresas e de muita saúde para vcs.
Quando puder volte, vc com certeza faz falta na blogosfera.
Bjs no seu coração!

Matheus N. disse...

e no tempo será eu espero.

Geraldo Pinho disse...

Ei, obrigado por me incluir em sua lista de e-mails. Quando vi, pensei: "deve ser engano". Bom, talvez seja mesmo. Não importa. Não importa mesmo. Continuo grato.

Ministério da saúde disse...

Olá Blogueiro,

As enchentes fizeram centenas de vítimas nos últimos dias. Para impedir que a situação se agrave é preciso que os sobreviventes saibam como lidar com esta realidade e tomar as medidas de prevenção necessárias para evitar doenças graves. E você, blogueiro, pode ser nosso parceiro nessa divulgação e nos ajudar a salvar vidas. Caso queira participar desta ação, entre em contato com ocomunicacao@saude.gov.br que enviaremos o material necessário.

Keila Costa disse...

Que siga sempre em caminhos de luz e sabedoria...
Beijo

Ju Fuzetto disse...

Que teu caminho seja lindo...
e volte pra iluminar os sorrisos por aqui deixados!!
beijocas

mariano lorenzoni disse...

Lindos textos vc tem aqui. Acabei de conhecer o blog, mas já virei fã. Parabéns!
E...
Já tá bom de férias, não? Tem gente que gosta de te ler. :)

Tudo ou nada ... disse...

E por aqui estaremos sempre, pode deixar. Esquecer jamais
bjoas

El Brujo disse...

Sinto falta de vc aqui!

Junkie Careta disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Junkie Careta disse...

Lamento profundamente por ter estado afastado daqui por tanto tempo Flavia. Afastado de seu talento, de sua sensibilidade de suas observações inteligentes sobre a natureza das coisas e seus comentários sempre tão pertinentes. De minha parte agradeço pelos bons momentos que vc me proporcionou com o seu espaço. Estou triste e feliz por vc. Triste, por saber de sua decepção pesoal Seja lá o que for, Te lembro de Caio F quando diz: vai passar. Sempre passa.Por outro lado, estou feliz pela sua maternidade. Não há nesse mundo nada que nos complete tão intensamente como filhos. Nem poemas. Tenho certeza que isso será o suficiente para em algum momento, te calar a dor da decepção.

Eu de minha parte, venho te convidar para visitar o Spleen, depois de tanto tempo parado.Eu retorno e estou convidando os amigos para compartilhar o que talvez seja a última página do spleen-rosa-chumbo,dessa vez muito pouco rosa e muitissimo chumbo. Traga uns lenços, uma pipoca, uma vitamina k(para cicatrizar),um estojo de primeiros socorros,um estõmago forte e um coração à prova de bala.

Grande abraço

Camila disse...

vc sumiu garota .... ;/

Taynar disse...

Eu só fico pensando quem vai traduzir em palavras os meus sentimentos ;)

Thiago disse...

Flavinha! Apareça quando der!

Patrícia ♥ disse...

Adorei o blog, simplesmente liindo!!

seguindo, retribui?
Beijos
http://pathyoliver.blogspot.com

Márcio Ahimsa disse...

Flávia, querida,
seu pensamento pode até flertar com o vazio, mas esse estio é apenas revoada branda a espreita de um vendaval.

E você é sempre muito cheia de tanto, abundância constante que diferencia o silêncio de um furacão.

Ambos são você com esse tanto que te pertence.

Beijo. Espero que a brevidade de textos seja essa pausa para pousar numa pauta em branco e desenhar o ilimitado.

Menina da Imprensa disse...

é moça, mas pra onde será que esse caminho leva? Lindo blog!
Kisses