segunda-feira, 3 de março de 2008

Coisas de Mulher

Há quem faça uso da expressão “coisa de mulher” como se a coisa em questão fosse algo tão tenebroso e incompreensível que realizá-las, ou pensá-las, ou dizê-las, ou querê-las, ou conjugá-las sob qualquer outro verbo só poderia mesmo ser exclusividade da ininteligível condição feminina. Medo de barata? Coisa de mulher. Demorar no banho? Coisa de mulher. Experimentar todas as roupas do armário e sair justamente com a primeira? Coisa de mulher. Assistir ao mesmo filme água-com-açúcar pela centésima nonagésima sétima vez e chorar copiosamente como se fosse a avant premiére? Coisa de mulher. Ok, mulheres realmente fazem isso – o que não quer dizer que alguns homens também não o façam, mas isso não vem ao caso (por enquanto). O que realmente interessa são as coisas de mulher que costumam passar despercebidas, ou nem tanto. E que todas as mulheres gostariam que fossem lembradas como genuínas coisas de mulher.

Coisa de mulher é ter peito, muito além do volume delimitado pelo sutiã. E mangas, arregaçadas diariamente na lavra da parte que lhes cabe no latifúndio da vida. Foi-se o tempo em que coisa de mulher era esquentar a barriga no fogão e esfriar no tanque. Embora muitas vezes ainda façam esse percurso, esse não é mais o único caminho a seguir: mulheres têm a liberdade de pavimentar seu chão com suas próprias escolhas e conquistas.

Casar talvez ainda seja coisa de mulher. Mas, muito mais do que casar, coisa de mulher é amar e ser feliz. Coisa de mulher é beijar, abraçar, fazer amor ou sexo segundo sua vontade. Gozar. Curtir seu corpo e sua feminilidade. Orgulhar-se de sua sexualidade. Porque ser mulher nada tem a ver com orientação sexual, assim como passa longe de ser dependente da genética – a fêmea vem ao mundo e se faz mulher à proporção de suas vivências. Construir-se – e reconstruir-se – é coisa de mulher.

Chorar é coisa de mulher. E mulher chora fácil, e por tudo – pois, para um coração de mulher, nada há que não mereça pelo menos uma lágrima (até prova em contrário). Mas coisa de mulher, mesmo, é sorrir. O meio sorriso de Monalisa, o riso escancarado de Joana, a gargalhada cristalina de Carolina... as risadas todas, de todos os timbres, com e sem motivo. Coisa de mulher é parir. Filhos, sonhos, idéias, pensamentos, tendências – e alimentar esses frutos com o leite de seu corpo e de sua alma. Estar a postos para vê-los crescer, se agigantar, frutificar – e, dia após dia, se surpreender, orgulhosa, a lamber a cria que concebeu.

Coisas de mulher são aquelas coisinhas peculiares e encantadoras que fazem das mulheres criaturas ímpares. O encanto, a sedução, a imprevisibilidade, a altivez, o endurecer sem perder a ternura. Coisa de mulher é entender que homens e mulheres são diferentes, e que as diferenças aproximam e engrandecem as semelhanças entre ambos. Coisas de mulher não se entendem, não se enumeram, não se questionam – é sentir, e o resto flui. Ser mulher é coisa que vem do útero. Ah, benditas coisas de mulher.

44 comentários:

Ingrith disse...

Por isso eu já falei: "encarnação que vem eu volto mulher"

Não há coisa mais gostosa que ser mulher!

Ricardo Rayol disse...

pior que isso é coisa de mulherzinha.

Kari disse...

Confesso que, em certa época do mês eu reclamo por ser mulher (é chato!), mas na verdade, eu acho que, ser mulher é uma bênção!
Afinal, tem coisa mais linda que colocar um filho nesse mundo????

Amei o texto!!!! Amei mesmo!!!! Deu até mais orgulho de ser mulher!!!!!!!

Beijão

ALF disse...

Me dá impressão de já ter lido um texto seu assim sobre mulher.
não sei ao certo, mas enfim.

Disseste com propriedade e tudo isso que relaciona tem muito a ver com mulher. Não trato como coisas tenebrosas. Apesar de sermos unos em alma, seres humanos, homem e mulher angariam características peculiares. São algumas diferenças que nos completam.

Coisa de mulher está no olhar doce, no sorriso envolvente, na forma sensual de andar, no jeito cálido de amar, de querer e ter prazer. Coisa de mulher é ser feliz.

Felicidade é coisa de ser humano.

;)

Beijos linda.

Saudades desse teu jeito mulher de escrever rsrsr
Te adoro.

MH disse...

Dizer "coisa de mulher" é coisa de homem babaca.
Benditas sejam as mulheres (principalmente as que escrevem bem. rsrs)

R Lima disse...

Sabe de uma coisa? O que seria de nós homens sem essas coisas de mulher...??

Cada um ser humano com sua essência.

Bjs e bom estar aqui de volta.




Texto de hoje: tUdo oU nAda...

Visite e Comente... http://oavessodavida.blogspot.com/

O AveSSo dA ViDa - um blog onde os relatos são fictícios e, por vezes, bem reais...

Fernando disse...

"Construir-se – e reconstruir-se – é coisa de mulher."

Perfeito, Flavinha! Este texto é um prelúdio de dia oito? Porque senão o é, poderia ser. Ficou lindo!

E sabe o que mais é coisa de mulher? escrever assim pra definir o próprio sexo. Já viu algum homem conseguir fazer isso com tanta vivacidade que vocês? Sem chance.

Parabéns pelo texto, Flavinha! E pra não dizer que é mentira sobre a definição do sexo, fiquei matutando um bom tempo antes de fazer este comentário, pensando em como fazer um post com a tal da coisa de homem. E de tudo que pensei, nada tem um fundo real de vida, de sentimento. Homem é muito escroto! Hehehe.

Mas vou parar por aqui, porque meter pau na raça masculina é coisa de mulher... :)

Beijocas!

P.S.: se demorar no banho e experimentar todas as roupas do armário é coisa de mulher, então eu sou sapatão!

vermelhocarne disse...

Cadê você?
Te adoro...

Van disse...

Amoreca....
Adoro meu Yin. Adoro meu Yang.
Convivo com minhas duas partes, deliciosamente.
É bom quando uma se sobressai.
É bom quando as duas se amam
e alcançam as duas o êxtase de ser um só.
Gosto de ser inteira, completa.
Ser mulher nos permite isso.

Delícia de texto. Sempre!

Beijucas + Saudades

Edu Grabowski disse...

"oxiii" acho que esse post tá "coisa de mulher!"

rsrsrs

Flavinha Flavinha...andram dizendo muito pra vc muito essa frase: "coisa de mulher!"?? rsrs

bacana o texto
beijos e mais beijos,
Edu.
=)))

osátiro disse...

Excelente texto.

««§εмф†ϊvф»» disse...

Disseste tudo e mais um pouco.
Somos assim, adoramos ser assim!

Incrível suas palavras. Me deu um orgulho agora. E pra ajudar estou ouvindo uma músca bem feminina que acho que todas mulheres gostam ou ao menos jpá gostaram dela :
"Norah Jones -Don't know why"

Lindo

Grande beijo

Ray

J disse...

Eu gosto de coisa de gente. Tão horrivel, tão lindo, tão errado, como é que não se apaixona por gente?

Antonio Ximenes disse...

Flavinha.

Eu acho que tem muita "coisa de mulher" que o homem já não está tendo orgulho de ter também.

O homem também chora.
O homem também sofre de solidão.
O homem também sofre de confusão emocional.

Tem "mulher machista" que o enquadra logo como fraco ou maricas... se ele admite que passa por essas coisas... rs.

A mulher dentre outras definições... é o que nos falta...
... nos completa... é o calor que precisamos... a desorganização dos sentidos... a força... a fragilidade... o prazer... a doçura.

A mulher representa todas as soluções e todos os problemas que nós homens precisamos.

Abraço grande pra ti.

Isaque Viana disse...

Flavinha... cê me perdoa?
Andei tão ausente. O tempo corre nessa maratona que é a vida. Falta-me tempo.
Mas olha...
Estava com mó saudade de tu, mulher.
Saiba que eu gosto muito de você.
Continuo na fila do autógrafo.

Um beijo super big.
big mac.

Fláh disse...

Coisa se mulher, é que faz a mulher.

Nao no sentido pejorativo, como diz minha mae, que só sirvimos pra casar com homem rico. ¬¬

Fláh disse...

Linkada tbbb.

BABI SOLER disse...

Tem um presentinho pra vc lá no meu.
Beijo.

Edna Federico disse...

benditas e deliciosas coisas de mulher!
Eu adoro ser mulher.
Beijo

Nil Brito disse...

Passei pra dizer um oi saudoso. Espero voltar em breve.

bjs do nil

Alec disse...

Um texto impressionante, por uma mulher fantástica. Te admiro.

.raphael. disse...

Benditas coisas que eu não sei. hehehe
ainda bem que existem as mulheres para vivenciar isso e para nos alegrar a vida tb!

Belo texto Flavinha!!

Beijoss!!

MH disse...

Oi, passei pra ver se tinha coisa nova.

: )

MH disse...

ah! bom fim de semana

Paula Calixto disse...

Quem dera "coisas de mulher" fosse contagioso, hein?! (;

(((:

Beijos e feliz 08 de março, Flavinha.

Priscila disse...

Não há homem que pague a nossa prerrogativa de poder chorar seja por fracassos ou alegrias.
Parabéns para nós.

Ane Talita disse...

É por isso que vc sabe das coisas...

beijo, querida!

Paloma disse...

Ah, eu tenho muitas, muitas coisas de mulher...
Gostei,sobretudo do "construir-se e rescontruir-se é coisa de mulher."
Acho mesmo que a feminilidade é totalmente construída, não é um dado ou fato.
Beijo!

Van disse...

Por onde se meteu todo mundo?
Aff...

Marcelo disse...

Concordo com seu post mas...Tem muitas dessas coisas que citou que são também coisas de homem.
Homem chora, se emociona, é sensível, cozinha, lava, passa, cuida dos filhos, etc,etc...
Mas existe um estigma que homem não faz, nem sente nada disso.
Questão de conhecer o camarada e notar se ele tem o lado feminino tão apurado quanto seria necessário para o tornar uma pessoa interessante, né não?

Beijos, menina linda.
Parabéns atrasado pelo seu dia.
Vocês deveriam ser homenageadas diariamente.

Paola disse...

Oi!
Apareci parabéns pra nós!
Belo texto como sempre...
Beijos,
Paola.

MH disse...

oi.

: )

MH disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Flá Costa * disse...

eu jamais trocaria ser mulher pra conseguir fazer algumas coisas de pé.

rs

maravilhoso texto.
voltarei mais vezes, parabéns pelo blog.
Beijo

Antonio Ximenes disse...

Flavinha.

Volta logo menina !!!

Já tá no tempo de uma atualização !!! rsrsrs

Abração forte pra ti.

MH disse...

Tem preminho pra voce no meu blog.

Fernando disse...

Mulher, cadê você? rs.

Heliarly disse...

haha!

Manda uma dessas pra eu casar!

FINA FLOR disse...

coisas de mulher também podem ser coisas de homens, né?! pq no fundo são coisas de gente =]

beijos, querida e bom domingo,

MM.

ps: finalmente consegui te linkar =]

ALF disse...

saudades
:***

Anne disse...

Que liiiiiiindo isso, Flavíssima!!! Eu morro de orgulho de ser mulher, amo amo amo!!!

Aliás, por onde anda vc, mulher?
Saudade de ti...voltaaaaaa
Bjosssssss

Si disse...

Tem alguém aí???

Beth Blue disse...

Achei este texto tão verdadeiro que vou copiá-lo no meu blog -indicando a autoria, é claro! Seus textos são muito bem escritos, parabéns!

E visite o meu blog qualquer hora dessas!

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,酒店,