segunda-feira, 5 de janeiro de 2009

Um Passo

Entra.

Soundtrack: Russian Red - No Past Land



Tu nem sabes, mas já te dei tudo que era meu.

E em troca eu quis apenas esse eco torto de felicidade que me alisa a pele estremecida e pelo qual quase deixo de respirar, me arrepio inteira, viro apenas um corpo quieto guardado sob a mão invisível feita disso que eu sinto e que entra pela minha boca e sai pelos meus olhos e por qualquer gesto meu rasgado no espaço, qualquer gesto meu me abandona e vira teu, eu já te dei. É tudo tão simples e silencioso, e tudo grita por dentro, e o que posso fazer? Eu deixo... tu nem sabes, mas enquanto ainda estás aí do lado de fora, parado, esperando que eu te abra a porta e diga qualquer coisa nessa língua muda que tu entendes tão perfeitamente e que tão perfeitamente nos cabe, eu já não estou aqui, já me transportei para o lado em que não há aqui nem lá - em que unicamente há uma história para dois em qualquer lugar para onde quer que se virem os meus pés afoitos, pequeninos pés sem memória buscando reinventar o chão. O calor que eriça teus pelos sob as gotas d’água também rodopia entre meus dedos numa felicidade corrediça e quente, e sei que estás aí sorrindo e eu estou aqui sorrindo e quase hesitando mas é tarde, eu já te dei tudo que era meu inclusive aquele passo que restava pesado e desinibiu-se e virou destino cumprindo-se em linha reta, tudo que era meu eu já te dei. E sei que estás aí parado, molhado, esperando, e que a chuva que cai sobre a tua cabeça é nada, como é nada tudo o que não é chuva, nem tu, nem eu, nem essa porta se abrindo para o que eu não sei o que é mas quero muito saber, então entra; vem. Eu tremo, sim, mas não é frio, é por não me restar nada que eu não queira absurdamente te entregar, toma.

Toma.

(Baseado em fatos inesquecivelmente reais)

___________________


A espanhola Lourdes Hernández, mais conhecida como Russian Red, canta um folk suave e lânguido em inglês e vem ganhando espaço nas paradas européias. I Love Your Glasses, o álbum de estréia, traz arranjos bonitos, muito violão acústico e um clima summer of love acentuado por sua voz aguda, ao mesmo tempo macia e vigorosa, de cantora dos anos 70. Pra ser ouvido do início ao fim.





81 comentários:

Daah O. disse...

Que texto lindo!

Belas palavras!

Mai disse...

Oi, Flávia.

Minha querida e linda poeta, eu sempre fico impressionada com a tua imensa, gogantesca capacidade de doação e, sabes o meu pensar. Já entramos madrugada a dentro discorrendo sobre o tema.

Ocorre que estes dia li uma frase que até hoje, permanece em meio aos meus neurônios - Alguém escreveu que 'amor é violência'...
E ainda me debruço sobre isto e, sabe_de_uma_coisa? Tenho que pensar este viés do amor.
Isto é inevitável.
Quanto haverá de violência em um dar, sem esgotamento ou um pendor ao niilismo?

Sabes o que penso e sinto nesta matéria - amor e doação, sou uma 'cretina-amante' (este hífen eu poderei usar, inclusive no pós reforma hahan... são duas vogais idênticas)

Minha linda, discussões sobre o conteúdo, deixemos para nós duas, em off, o máximo este texto.

Perfeito. Sabe, Flá, eu me encanto com a estética clean dos teus textos.
Sinto-me every trash.

I'm Empty too.

Muito,tudo para ti, neste 2009 e por janeiros sem fim
(já ia usar hífen) :))

Cesar Oliveira disse...

Nossa

isso não é um convite, é um caminho semfugas, sem chances de desvios. Deus do ceu...

Sam disse...

Lindooo!!!

Tudo tão intenso... adoro!

Nada como o coração bater acelerado, acompanhado de borboletas no estômago...

Abraços, flores e estrelas...

A Senhora disse...

Eu estava lendo e "assistindo" a cena... Então, de repente, o vi molhado.
Menina, eu realmente vi essa cena! A vizinha da frente trancou o marido do lado de fora, debaixo de chuva, porque chegou tarde demais, bateu o carro e estava bêbado. E ele chorando, do lado de fora, aos brados, dizendo que a amava, para ela abrir... Encharcado. Que o perdoasse...

Ela o perdoou... :)
Mas, sinceramente, não sei se fez um bom negócio... :)))

Beijinhos, querida!

Ric@rdo disse...

Olha que eu entro e não saio mais...

Beijos.

@line-;-- disse...

Intensa, sempre intensa.

Lindo lindo.

Bjm

. disse...

tudo tão bom de ser lido. as palavras...tão intenso.
love u.
besitos de você sabe quem.

Luiz Calcagno disse...

Só os que sabém gerar podem doar. A esses nada se acaba, pois são como fontes. Nesse caso, fonte de amor? Ou de paixão... Essa espanhola aí, me interessei. Tem a tal de Mallu Magalhães também, que é brasileira e todo mundo critica, porque é uma moleca. mas eu gosto. Abraço

Chantinon disse...

WoW!!!!!!!
Adorei Russian Red.
Alguns textos seus não tem como comentar... Fica só aquele negócio na garganta :D

Alana disse...

Me encantei com o que você disse, Flávia. Meus parabéns.
abraços :*

Kari disse...

Lindo!
Tão intenso que transborda pelos poros...

Beijos

Sunflower disse...

alem de dar sem pedir, inventar palavras, criar caminhos, a gente tem que ordenar que venha.

Eita nós...

Notou o nhenhenhe, estou abusada e sensível. Lindo, pra não variar.

beijas

Nataliinha disse...

Fláviia queriida .
Mais uma vez, texto belissimo .

Beiijos =)

Sun(shine) , «3 disse...

"e sei que estás aí sorrindo e eu estou aqui sorrindo e quase hesitando mas é tarde, eu já te dei tudo que era meu inclusive aquele passo que restava pesado e desinibiu-se e virou destino cumprindo-se em linha reta, tudo que era meu eu já te dei."

Inclusive o passo que restava, pois é.... quando damos o último passo, já não há como voltar atrás.

Adorei, a leveza das tuas palavras é encantadora :)

beiijo

Márcio Ahimsa disse...

Oi, Flávia.

Sabe, difícil não me tornar cúmplice aqui. Mais complicado ainda é não desejar apenas ser cúmplice, mas querer praticar o crime em olhos ávidos por tão entusiasmente texto, intenso, apaixonante.

Gosto muito, mesmo.

Beijos, linda.

Lilian Dalledone disse...

Amei. Parece que vc escreveu pra mim... por mim... sei lá...
Quando vc diz: "tu nem sabes, mas já te dei tudo o que era meu", parece tirar as palavras do meu íntimo, que coisa maravulhosa!
Ah, a propósito, eu estava sim em Belém. Sou dessa terra molhada e linda e fui rever minha família. Mas já voltei pro meio do mundo.
Beijos!

Lilian Dalledone disse...

Amei. Parece que vc escreveu pra mim... por mim... sei lá...
Quando vc diz: "tu nem sabes, mas já te dei tudo o que era meu", parece tirar as palavras do meu íntimo, que coisa maravulhosa!
Ah, a propósito, eu estava sim em Belém. Sou dessa terra molhada e linda e fui rever minha família. Mas já voltei pro meio do mundo.
Beijos!

Edu Starling disse...

Belíssimo texto! E anotei a dica da Russian Red, vou conferir depois

Bjs

Calebe disse...

Tragetória:

cheguei aqui depois de ter visto um comentário e uma foto sua numa outra página. entrei e adorei seu perfil. comecei a ler o texto e vi uma música da russian red. só isso já me prendeu muito. e escrevo pra dizer que linkarei sua página na minha para ler melhor mais tarde, que agora é hora de ir embora...

valeu pelo prazer imediato!

Beijo

Calebe

Mariana disse...

Oi Flavinha....

antes de tudo: feliz 2009!

agora, esse texto me deixou sem ar, acredita?

destaque para: "eu tremo, sim, mas não é frio, é por nao me restar nada que eu nao queira absurdamente te entregar, toma."

li, amei... reli, li , reli...

Essa parte é aquela que ficou impressa para mim...

beijos

Jana disse...

Como sempre, magnífico!

:)

Van disse...

Uia Twin!
Esse parece um dos meus!
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Mas melhor, claro!
Como sempre.
Eu, sempre UM PASSO atrás.

Beijucas

Flávia disse...

DAAH, JANA, ALINE, ALANA, KARI, NATALINHA,

São os vossos olhinhos ;)

MAI,

Pois você sabe que eu acredito que é por isso que a gente se entende tão bem? Porque eu vejo isso em você, eu meio que me vejo daqui a alguns anos. Sabe? eu acho que você é uma 'eu' com uma bagagem de aprendizados a mais, mas ainda assim uma 'eu', ou sou eu quem é uma 'você', rs. Eu não sei se amor é violência... talvez seja, o que sei é que amor é o altruísmo mais egoísta que existe, a gente se doa inteiramente mas sempre espera, sempre espera, é inevitável. É a ordem natural das coisas - como é a ordem natural das coisas esgotar a espera também e renovar o amor, renovar-se do amor e para ele. E trash, você? Nem!

CESAR,

Você desviaria se tivesse chance? ;)

SAM,

Coração acelerado é o meu vício, menina... ou a minha sina, talvez.

MI,

Nossa, que história, rs! Mas o rapaz da historinha minha não bateu o carro nem chorou, não. Ele só apareceu, e sorriu, nem precisou dizer nada, só precisou estar ali. Encharcado e com o telefone celular na mão. Sorrindo. Sorrindo com aquela cara de "eu não te disse que viria te encontrar?"... Tudo mais eu já sabia, ele já sabia, a porta era um mero detalhe e, na verdade, nunca esteve fechada... um dia eu conto o resto ;)

RIC,

Isso é um desafio? ;)

.,

Love U too. Muito, tanto.

CALCAGNO,

Fonte. Isso é que importa, né? Fonte de quê, um dia a gente descobre... e eu também adoro a Mallu, em breve ela estará pintando por aqui!

CHANTINON, EDU,

Se puderem, ouçam o CD da moça. Vale MESMO a pena ;)

SUN,

Abusada e sensível. É por isso que eu gosto de você.
Eita nós... será que um dia a gente vai ter que desenhar também?!

SUN(SHINE),

E quando se dá esse último passo, é porque não se quer MESMO voltar atrás... bem-vinda por aqui, moça. Obrigada pela visita e pela gentileza, será um prazer te receber outras vezes :)

MÁRCIO,

Querido, aqui, o espaço é seu. Você pode o que quiser ;)

LILIAN,

Que coisa boa! Na próxima vez em que vier por aqui, não deixe de avisar. Um chopp na Estação ou um sorvete na Cairu sempre caem muito bem :D

CALEBE,

Eu é que agradeço a você, pela visita, pela leitura, pelos elogios e por deixar o link pra eu poder conhecer você também - seja bem-vindo por aqui, a qualquer hora em que retornar. O prazer é todo meu :)
E depois vc me conta onde foi que me achou, certo?

MARI,

Hummm... senti uma cosita pessoal aí... me conta depois?

VAN,

Ah, deve ser a convivência, rs!! E pode parar com isso de um passo atrás - é lado a lado que a gente vai. Em tudo. Love U ;)

2009 beijos pra todo mundo!

Ceres disse...

Sei que deveria comentar sobre o post e tudo aquilo mais e outro, mas...

Quê que você fez pra que não se possa blocar( selecionar pra copiar o texto, ou não ) no seu blog? ;p

Calebe disse...

De volta (pela terceira vez):

bem, em primeiro lugar. acabei de escrever quase inteiro o comentário que queria deixar aqui, mas houve um erro e perdi tudo. uma pena. mas foi tão boa a leitura que escrever novamente não é nenhum suplício, não é nenhum sacrifício.

Vamos lá.

Flávia. Li o texto. Mas é um texto que pede (e merece) ser relido e treslido. Ao lê-lo me lembrei de um comentário do Pessoa, num livro que se chama escritos autobiográficos, automáticos e de reflexão pessoal, em que ele dizia que tinha abandonado o viver para abraçar e se dedicar ao sentir ("Viver não é necessário; o que é necessário é criar"), porque para tornar sua vida grande precisava disso, e sabia, de algum modo, que para torná-la de toda a humanidade, teria de usar como fogo e lenha seu corpo e alma. Pois. Seu texto me deu a impressão de ser apenas sentimento, no estado bruto, puro. Parece um tecido humano, uma parte de você que diz o sentimento, um tecido atado a palavras, que pronuncia o que o corpo silencia em palavras e diz em gestos, trejeitos (no melhor sentido) e olhares que afogam com sua profundidade de alma.

Voltas:

Terei de voltar, sentindo nisso uma obrigação gostosa a ser cumprida. Muito bom seu texto, suas palavras, o jeito como sua página é composta, tudo devidamente organizado, arquitetado, e aqui eu caio de novo em compará-lo a você, a um tecido humano, uma parte tão-só você. Por isso, você já tá linkada lá em meu porto, meu pedaço de mim, o abstrato que sou.

Onde te achei:

Fuçei muito a net atrás de blogues decentes. Te achei num comentário que li em uma página. A página? também muito boa, que já linkei. É de uma menina do Sunflower Records. Não sei como ela se chama, mas parece que atende como sunflower. Enfim, foi lá que te achei e percebi que tinha encontrado alguém de palavras e alma imensos. É isso.

Sobre me conhecer também:
esteja à vontade. A minha página não está à altura de sua visita, mas se quiser espiar, pode aparecer que a porta tá sempre destrancada. E será um prazer ver você levar um papo com meus textos e vice-versa.


Grande beijo. Prazer em te conhecer em palavras, no sentido de ler teu texto e de ler tua resposta a meu comentário.

Calebe

P.S.: ah, a moça espanhola é muito boa. Incrível. Uma qualidade que até espanta. Pra ouvir do início ao fim. Meu mp4 e ouvidos que o digam...

Calebe disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Paulo R Diesel disse...

O que é um passo para quem tem tantos a dar.
Mas sempre temos de dar o primeiro não é Flávia?

Beijo

Edna Federico disse...

"É tudo tão simples e silencioso, e tudo grita por dentro..."
Quantas vezes já me senti assim...
Beijo

Daniel disse...

Gata, eu vou te dizer que as vezes (é quase sempre) você me tira todas as palavras com seus textos. Cada linha dessa artigo me fez lembrar também, determinados fatos reais... Tem BB.King e seu novo albúm ao vivo no Blues na Veia. Bjus.

http://so-pensando.blogspot.com

http://blues-na-veia.blogspot.com

Nadezhda disse...

Seria preciso mais de uma vida inteira para viver todas as coisas que escreve.

(Por isso acho incrível sua criatividade).

;)

Cris disse...

A nós todas, lindaaaaaaa...Um grande 2009 para vc tb com muitas realizações. Bjs

.Dazinha. disse...

Eu venho aqui e saio toda cheia, e justo hoje, um dia que estou mais re-apaixonada pelo meu bem, um dia que tenho amor transbordando por tantos cotovelos, que nem sei mais,rs, hoje veio mais que a calhar.

Lindo texto como sempre, e vc queria nos deixar sem isso.
Maldade!


Feliz ano todo, lindona.
Beijos

Auíri Au disse...

...é o amor!!!
Nada é nosso a partir do momento, que não somos nada sem o tudo do outro!!



Beijos e feliz dois mil e love!!

Murilo Lima disse...

É daqueles textos que agente lê e relê, transportando-se involuntariamente pra um dejavu, para um "remake" de vida.
Incrivelmente pessoal.

Muito bom!

Feliz 2009!

Belarmino disse...

Isso que é amar com intensidade, viver o momento como se fosse único e ter a certeza de que será.

Sorte tem o homem que encontra uma mulher como você.

Beijos

Cami disse...

OI Flávia!
Adorei sua visita no meu blog e, mais que isso, adorei esse seu espaço!
Lindos textos!

Beijão!

Patty disse...

Uma entrega absurdamente intensa.
É de parar a respiração.

Beijo

Celine disse...

Fatos inesquecivelmente reais. rsrs
Adorei.

Lindo demais o texto e tudo que vc dá. Que é seu.
beijos, linda.

Uma flor pra você tbm.

o Cronista disse...

já estive na chuva tb, mas esperando pelo termino dela, qdo menos pelo guarda-chuva!

D.J disse...

Li e reli, e me vi mil vezes dando esse passo. E me vi mil vezes dizendo: "Toma; vem."
E o pior é que ele sabe que já lhe entreguei tudo que era meu...
Obrigada por me levar em sonho a um lugar que já me decidi não ir nunca mais.
Venho te ver sempre agora, querida!
E obrigada pela visitinha.
Já que me deste mil sonhos, vão aqui mil beijos pra você!

Sieger disse...

que lindooo ^^

Sieger disse...

que lindooo ^^

Eu disse...

Sempre amo ler o que você escreve! Mais uma vez, parabens!!
Beijo grande!!

Zingador disse...

Ah! Que deleite.
Uma plenitude desnudar-se assim e ser todo, se entregar e não caber mais em si.
Flávia, a cada dia mais me espanto contigo, me perco lendo o que escreves, porque de alguma forma me vejo dentro de suas histórias, até mesmo as mais reais.
Grande abraço perfumado.

Troll disse...

E o que fazer, quando não resta nada que não se queira dar ao outro e nos tornamos tão somente essa entrega, forte, imensa.

Quando nada mais nos basta, pq jamais bastaremos sem aquela pessoa? É avassalador, até mesmo covarde. Tudo q nos toma e é tão imenso assusta, não?

*** Cris *** disse...

Oiiii, td bem?
Não resisti ao seu pedido...rs. Volta lá no meu blog tem meme pra vc.
Bjs!

aline disse...

adorei a visita... mais ainda de passar por aqui.

um beijo.

Afobório disse...

olá.


bem, férias a parte, cá estou eu mais uma vez, e obrigado por todas as felicitações.


quanto ao texto, eu já disse, que fico sem palavras por aqui.


sorte e luz.

Mary West disse...

Eu atualmente me sinto constantemente gritando por dentro.

Bandys disse...

Flavinha,
Vim trazer uma flor pra voce tambem..
Ler voce é muito bom

beijos

Flávia disse...

CERES,

Tem problema não, passo aí e te explico :)

CALEBE,

Esse eu respondi direto no seu blog ;)

PRD,

Sepmre. O que não se pode é voltar atrás, retroceder, com tanta vida pela frente...

EDNA,

Eu também - muitas vezes, nenhuma delas igual à outra.

DAN,

Vc vai me contar, né?

NADEZHDA,

ô, menina. Obrigada mesmo :)

CRIS,

Amém!

DAZINHA,

Hahaha, pois é... mas decidi que esse ano vou aprender a controlar os meus rompantes! Feliz Ano Todo!

AUÍRI,

Feliz dois mil e love pra todos nós!

MURILO,

Vai ver a maioria das pessoas já viveu algo parecido... feliz 2009!

BELARMINO,

Ah, agora vamos esperar que ele saiba reconhecer o tamanho da sorte que tem ;)

CAMI, ALINE,

eu é que agradeço pela visita de vocês. Bem-vindas!

PATTY,

Absurdamente...

CELINE,

É meu e acaba não sendo - e é melhor que seja assim. Tão melhor!

O CRONISTA,

Eu sempre dispenso guarda-chuvas. Sempre ;)
Bem-vindo!

D.J.,

Talvez não seja tão pior assim ele saber... pq sabendo, se esvai a justificativa furada de que não deu por causa da omissão, sabe? E volte, sim - já é muito bem-vinda! Obrigada pelos mil beijos, retribuo-os todos :)

SIEGER,

Cute ;)

EU, AFOBÓRIO, BANDYS,

Obrigada, meninos!

ZINGA,

Cheirinho bom que esse abraço tem! Outro pra vc!

TROLL,

Assusta. Mas vale a pena...

CRIS,

Voltando, rs!

MW,

Deixa sair, menina ;)

Beijos a todos!

Daniel disse...

Oi Flavia,
Adorei o seu blog.
Beijos de Londres
Daniel
www.sembolso.blogspot.com

Duuh!. disse...

Ai Deeus..
e ela escreve tãao bem. ^^

hauahauahauahushsua, adoro Flávia, falando nisso, a senhorita num tá afim de lançar um livro e autografar para mim nãao?!?
haha, ia adoraaar.
=D

beeeijos

primaverasdesetembro disse...

sabe de uma coisa?

A-DO-RE-I!!!!

Monday disse...

Oi, Flah, bem vinda de volta às aulas ... rsss
Ontem não deu tempo para comentar, a viagem deixou os olhos cansados e eu não entendia metade do que lia ...
melhor assim, te ler com calma, desenhar as imagens, as cenas, e ver centenas de vezes a declaração que já tinha lhe dado tudo, mas parecia sempre haver um pouco a mais para ainda dar ...
abrir a porta foi um mero detalhe, para quem já havia escancarado alma e coração ...
casal de sorte este que pode passar por momentos assim ... muita sorte!

Mai disse...

Ei, Flah, voce é mesmo linda!

E eu sou você ontem e você sou eu depois de amanhã, moça bonita!

cretina-amante, eu sou e tu?

Eu vou pagar prá uma editora publicar de uma vez, o teu livro...

Shit!

Beijos querida.
E muito tudo prá ti...

Nathália disse...

Senti pontadas no coração e meus olhos se encheram d'água.
Lindo demais.

Beto Canales disse...

muito bom

Beto Canales disse...

muito bom

Zandali disse...

ah, flavia.. semrpe traduzindo a alma feminina em palavras!!!

beijos no coração!!

Emerson Souza disse...

Maravilhosos (tanto o texto quanto a trilha sonora).
Bjus.

MargueRita disse...

Pontadas no coração é uma declaração no mínimo verdadeira depois de ler isto.
Lindooo!
E obrigado pelos teus comentários...adoroooo!

E vamos lá, 2009!!!!!!!!!!

bjão!!!!!!

Mustafa Şenalp disse...

Çok güzel site. :)

Jaque Lima disse...

e do tudo que havia nada. nada restara de importante, nem sequer a chuva. que trazia o espasmo do inesquecível. sempre profundamente caloroso seus textos. e 2009 começou com tudo, ou nada!!!

Beijos!!!

Jaque Lima disse...

e do tudo que havia nada. nada restara de importante, nem sequer a chuva. que trazia o espasmo do inesquecível. sempre profundamente caloroso seus textos. e 2009 começou com tudo, ou nada!!!

Beijos!!!

Beatriz Paz disse...

Belissimo texto, intenso e mexeu com algo em mim que eu não sei explicar bem o por quê. Não vivo nada do genero no momento, mas...
Beijos!
_____________________
Soletra Pra Mim?
www.soletrapramim.blogspot.com

Sininho disse...

E ele recebeu?

Quando começamos a ler...impossível se torna de parar!!!

Há palavras que nos estremecem e há outras que nos prendem =D

Um beijo eternoo*

RICARDO ® disse...

Como sempre, genial!
O que seria da vida se não fossem as pessoas que sentem e vivem com intensidade! Isso é o que torna o mundo um lugar melhor para se viver!
Tuas palavras são sempre leves e ao mesmo tempo impactantes. Gosto muito disso.
Ainda mais num tempo em que o romantismo saiu de moda...

Beijo, moça.

Alana disse...

Hey, Flávia :)
sabe, o blog é relativamente novo, mas acho que já estive por aqui. Se estiver me confundido com alguém acho que não tem problema algum rsrsrs

E o seu espaço já está entre os meus favoritos ;D

beijos e volte sempre ;*

*Lusinha* disse...

E eu bem sei o que é essa entrega total.
Bjitos!

Three Love´s disse...

você é incrível... sei que todo mundo já disse isso, mas não me cansa repetir: ler o que você escreve é uma experiencia incrível, arrepiante, deliciosa!


b.e.i.j.o.s.

Adriano Queiroz disse...

Olá Flávia, qto tempo não venho ao seu jardim.
Sempre respirar estas flores e sangrar neste espinhos.
Saga microcontista aqui? Adoraria participar.

Estou de volta.

Abração.

Flávia disse...

DANIEL, EMERSON, BEATRIZ,

Bem-vindos por aqui sempre, meninos. Muito obrigada pela visita e pelos elogios, a casa é de vocês!

DUUH,

O livro vem por aí. Agora é só aguardar, o seu tá reservadinho ;)

PRIMAVERAS DE SETEMBRO, NAT, BETO, ZANDALI, THREE LOVE'S, MUSTAFA,

Obrigada, meninos!

MONDAY,

Adorei a recepção de volta às aulas, rs! Eu acredito que sempre há algo mais pra dar, sabe? Porque quanto mais a gente doa, mais a gente cresce, e mais surge o que doar. São realmente sortudos os casais que compreendem isso e que percebe que se doar ao outro não é fraqueza mas coragem, muita coragem - de buscar ser feliz sem armas ou disfarces e de tentar fazer o outro feliz também...

MAI,

Amiga... eu acho que sou teimosa-amante, rs... mas eu teimo não nas pessoas, mas nos sentires. Desses, eu não desisto. As coisas ruins, as tristezas, as mágoas, tudo fica pra trás quando a gente não desiste de sentir. Eu que o diga: vê como a tua amiga está feliz! :D

MARGUERITA,

Vamos lá 2009!! E força na peruca!!

JAQUE,

sim, começou com tudo que é daqui pra frente, e nada de excesso de bagagem ;)

SININHO,

Sim, ele recebeu. Melhor: ele foi buscar ;)

RIC@RDO,

Ainda bem que essa coisa de moda é cíclica e que a gente pode trazer de volta alguns hits, não é? E o romantismo, por mais obsoleto que pareça, merece figurar sempre como o coringa de todas as estações!

ALANA,

Hahaha, se não tem problema, então tá! Mas acho que vi mesmo por aí alguém com o seu nome, que não é tão comum - mas enfim, o mundo vistual está cheio de homônimos... você é sempre bem-vinda por aqui, e obrigada por me receber tão bem!

LUSINHA,

É gostoso quando a gente pode dizer que sabe, né?

ADRIANO,

então tá fechado! Vou criar as primeiras linhas e, na semana que vem, a saga já estará por aqui. Você está mais do que convidado, está intimado a participar!

Beijão pra todo mundo!

Márcia(clarinha) disse...

Que vida teríamos se nela não estivesse inserida a dor do amor, a cor da paixão, a entrega absoluta?
Maravilha!!

Feliz 2009 flor!
lindos dias,
beijos

Dri disse...

É como eu costumo dizer, sentimentos transcêndem as palavras e derramam através delas, o que na maioria das vezes, a boca teima em calar. Adorei a música, vou buscar mais dessa cantora. Manterei contatos imediatos rsrsrs Beijo grande.

l u a * disse...

amôr, só é bom se doer.

delícia de texto, de música.

iara disse...

como diz meu amigo troll...
avassalador quando a urgência é se entregar assim e ultrapassamos limites até do bom senso...
mas vamos em frente
não me arrependo. nunca.
bj


amei a música!

Flávia disse...

MÁRCIA,

Vida alguma, flor... feliz 2009!

DRI,

opa, mantenha contato sim!! :D

LUA,

Só não pode doer demais. Senão machuca...

IÁ,

Eu confesso que já me arrependi algumas vezes mas enfim, eu tenho um dedinho podre que me apronta umas de vez em quando...

Beijos!

Anônimo disse...

faz de conta que eu ainda não saí.

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,酒店,