quarta-feira, 23 de julho de 2008

Além

Do (in) visível.

Soundtrack: The Gentle Waves - Pretty Things*






Nada mais havia. O mundo era, então, aquele: o que eu jamais vira, e sempre estivera ali, finalmente se impunha diante de mim transfigurado no reflexo dos meus olhos. Eram os meus pés pisando a leveza daquele espaço cheirando a passado e terra molhada, fertilizada de chuva e de sonhos iminentes nas pontas dos dedos.

O mundo era, então, aquele – e nele entranhei minhas raízes e quis, como as árvores que, de braços estendidos, ofereciam à eternidade do céu matizado de mormaço e quase-chuva a verdura dos cabelos, desfazer-me em cores e ressurgir seiva, fruto, Tempo repousando o cansaço do corpo sobre a granítica sinuosidade do velho banco de pedra, esquecido do fardo de ser Tempo. Oferecer meu rosto a cada pequenino diamante de água a escorrer, impune, além da matéria bruta das emoções empedernidas. Mais, muito mais que ver, eu quereria ser.

Nada mais havia. O mundo era, tão somente, sons – e meu espírito escorava-se no seu timbre lúdico, harmonizado com o ritmo lânguido e compassado das pálpebras cerradas daquela tarde morna, absorvida em serenidade inviolada. O mundo era não mais que ali: pedras, chão, cores, silêncio e o misterioso sopro de vida a me possuir, gentil, todos os sentidos. E eu, que tanto quereria ser aquele mundo, inteiro recolhido nos meus olhos, enfim me reconheci parte dele – uma vez que o descobrira, definitiva e inquestionavelmente, imiscuído na palma das minhas mãos.


*Quem curte Belle & Sebastian e ainda não conhece The Gentle Waves não deixe de dar um play na música. A banda é um projeto paralelo da vocalista do B&S, Isobel Campbell, e mistura várias influências musicais - inclusive a brasileiríssima bossa nova. O resultado é surpreendente. Fica a dica ;)

63 comentários:

Anônimo disse...

Honey... tudo que tu escreves tem magia, enfim, um encanto que faz com que a minha imaginação venha fluir tanto, que sinto e vivo cada linha de suas postagens.

Saudades, beijos e flores!!!

Shirley Maranhão

Bill Falcão disse...

Tremenda viagem, Flávia!!!!
E um bjooooooooooooo!!!!!!!!

Gabriel disse...

o mundo era somente sons...isso é a síntese da perfeição...

saudações pra ti

Vinícius Aguiar disse...

Definitivamente há coisas que não se podem descrever! Essa sua reflexão é uma delas... lindo Flavinha, LINDO!
Beijos!

Daniel disse...

Cem comentários! Texto magnífico.

http://so-pensando.blogspot.com

Giovanna. disse...

estou esperando seu livro ;}
simplismente magico *-*


http://sorrisosdeplasticos.blogspot.com/

LindaRê disse...

Só consigo pensar num "ai, ai" suspirante.

Beijos

sieger disse...

Divino o q vc escreveu!!!
queria conhecer a musica, mas to num cyber sem speakers...
abração

Flah disse...

SHIRLEY,

Saudades também, querida... beijos

BILL,

Vc nem imagina, rs. Beijão!

GABRIEL,

Nesse dia, pelo menos, foi, sim... beijos!

VINÍCIUS, DANIEL,GIO, RÊ,

Muito obrigada, queridos. Beijões!

SIEGER,

Que pena que não deu... mas quando tiver oportunidade, ouça. É uma delícia! Beijos!

Patrícia Lage disse...

"Quando nada acontece, há um milagre que não estamos vendo."
Guimarães Rosa

Eu prefiro o silêncio por isso, para crer e não interromper milagres assim, como o teu texto. Vivo por isso, tenho certeza.

Lindo.
Amor meu pra vc. E beijos. E flores.

Lomyne disse...

às vezes me pego pensando nas sutilezas de semelhanças entre as águas que correm na natureza e aquelas que por vezes correm de meus olhos...

Paola disse...

*suspiros*
Que texto é esse mulher?
Adouro!

Caraca, e está hermosa na foto.
Lindona!

bjo =**

Edu Grabowski disse...

"O mundo era não mais que ali: pedras, chão, cores, silêncio e o mistério sopro de vida a me possuir, gentil, todos os sentidos..."

Poéticamente lindo o texto.

Ess música, uma viagem a parte! Não conhecia não...
Beijo grande Flavinha.

Edu.

R. disse...

Flui bonito o texto. Acho estranho não ter conhecido aqui antes, surpresa boa. Achei que já conhecesse todos os bons blogs. É como eu disse, surpresa boa. Voltarei sempre.

bruna. disse...

sumida :P

Nataliinha disse...

Mais uma vez, emocionada com o texto .
vai escrever um livro meniina !
Bj bj =*

Nathália disse...

Seu texto me deixou sem palavras.
Mas isso é bom, ok?
Sempre fico assim quando leio algo que me... sei lá... fascina.

Beijo!

Igor Isídio disse...

As vezes me sinto envergonhado por ter certeza de que não posso captar toda a poesia que tuas palavras exalam. =/
Beijo!

Flah disse...

PATI, LOMYNE, PAOLA, EDU, R., BRUNITA, NATALINHA, NATHÁLIA, IGOR,

Passando rapidão pra agradecer a visita e cada palavrinha de cada um de vcs. Obrigada! Beijos muitos ;)

Nadezhda disse...

Muitas vezes eu quero apenas fazer parte, não ser totalmente.

Gosto bastante de Belle and Sebastian. Voud ar uma olhada no projeto ;)

Nadezhda disse...

Muitas vezes eu quero apenas fazer parte, não ser totalmente.

Gosto bastante de Belle and Sebastian. Voud ar uma olhada no projeto ;)

Tâmara disse...

Ai linda, venho aqui ...e so consigo agradecer a Deus pelo dom das belas palavras que saem assim...tao sutilmente e leve de ti.

Beijo grande...viu!!!

Talita Corrêa disse...

Fascinante!!!
Adorei o texto.

Bjs

Talita Corrêa disse...

Estou totalmente avessa a confusoes... "isso nao me pertence mais" hahahahahaha!

Speedy... banda larga da telefonica! Entendeu?

Bjssss e obrigada pelo consolo.

Talita Corrêa disse...

O bom eh que tenho como mostrar que eu nao fiz nada ne!! Pena que meu ex bofe nao confiou em mim... apesar que ate entendo o lado dele.

Bjooos!

Talita Corrêa disse...

Valeu pelo elogio da foto... a sua tb estah linda...
E a foto do seu template nem preciso comentar ne... show!!!! =)

Fernando Rozano disse...

texto instigante, com escrita que flui, e rica em imagens. bela reflexão. (B&S, uma grande banda, excelente sugestão o trabalho solo de sua vocalista.) meu abraço.

Troll disse...

Flávia, caríssima, mais uma vez não me arrependo em nada de vir aqui ler palavras suas. Essa perda do ser na verdade é o ato de se encontrar realmente, quando o próprio corpo se torna parte do ciclo vital, da roda da vida que engloba o mundo e cada uma de suas fases.

Deixa a vida ser de ciclos e torne aquilo que vc jamais pode perder, um ciclo longo o suficiente para terminar junto ao teu. Pois só assim há o eterno. Na lembrança q não se esvai e nem cessa, mas segue.

Só posso bater palmas e admitir q precisarei reler o texto ainda algumas vezes, para realmente entendê-lo.

Grande abraço. E o Palácio do Troll está de volta de seu hiato.

Chantinon disse...

Isso ficou parecendo música dos Smashing Pumpkins :)
Vou consultar o dicionário para saber o que é "empedernidas"... Mas eu também queria ser, mesmo sem saber direito o que é isso :)

Ah! Acho os projetos solo da Isobel e junto com o Mark Lanegan até melhores que o B&S

Bjs.

Germano Xavier disse...

Uma construção de imagens muit bem feita, Flávia.

Teus crimes são perfeitos, portanto indecifráveis.

Não entendo porque teu universo é grande demais. E a magia está aqui, em ser universo.

Um abraço apertado.
Germano

Bruno disse...

Momentos como esse, onde parecemos nos fundir com o todo perdendo a noção de eu e restando apenas a noção de ser, costumam durar menos de um segundo nos relógios da Terra, mas uma eternidade nos relógios do espírito...
Bjo!

O Profeta disse...

Olhando de perto o teu olhar
Vejo raios voando na procura
Anseios depositados no vento
Uma secreta maré de ternura


Vem comigo visitar o vale dos milhafres


Boa semana


Mágico beijo

Amanda disse...

Muito bom teu texto. É tão bom quando a criatividade flui e pessoas sortudas tem a oportunidade de ler isso! ;D
Moras em Belém é?
beeesos

Diego Martins disse...

publicitários são foda, mas quem escreve muito bem tb, isso serve pra ti, gostei demais do blog! =)

obrigado pela visita viu?! ^^
beijãO!

A Senhora disse...

Menina, lembrei-me do meu tempo de adolescente, quando vez ou outra tomava chuva. Ou quando a chuva me pegava na praia e era delícia pura.
Aliás, adoro tomar chuva, ainda...
As únicas chuvas que me assustaram foram as belenenses. ;)

Poisongirl disse...

Eu como a senhora logo liguei o texto á um banho de chuva infantil : época de magia e de sentir as conexões com o mundo tão tênues ...

Suas sinestesias continuam me fascinando menina , parabéns pela qualidade de seus textos.

«« ڱemöґïvö »» disse...

Droga! Há meia hora estou tentando ler dua postagem, mas minha sobrinha "querida" tá me atormentando e não deixa eu me concentrar!!! Vc tem um revólver aí?? ushushushus
Volto assim que ela me der sossego e lerei com calma.rsrs
Grande beijo

Ray

Flah disse...

pessoas, mais uma vez, correndo aqui pra agradecer pelas visitas e pelas palavrinhas e palavrões, rs... e Miriam, as chuvas belenenses são asssustadoras até para mim, que vivo no meio delas, haha.

Beijões!

Edna Federico disse...

Menina, dia de total inspiração, hein!
Amei!!!!!!!!!!
Beijo

Larissa Cruz disse...

Liberdade de Expressão poderia se Chamar: Flávia Brito...Ou melhor Liberdade de conteúdo!
Bjus...
Lindo O Post!

Larissa Cruz disse...

Liberdade de Expressão poderia se Chamar: Flávia Brito...Ou melhor Liberdade de conteúdo!
Bjus...
Lindo O Post!

.a negra. disse...

Aaah digo logo, no dia de lançamento do seu livro vou estar lá pro meu autografo exclusivo!
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk



eitaa muié que inspira!
beijuuu flah

nina disse...

textos como esse que eu leio aqui me fazem pensar em você mesmo que eu não te conheça. Parece que Clarice te descreve (e me descreve também)...
"Enquanto eu tiver perguntas e não houver respostas... continuarei a escrever"

Daniel Vilhas Mauricio disse...

Banho de chuva?Lá vamos nós! ;)
Gostei muito, você escreve bem, continuarei visitando o blog :)
Posso te linkar?

Paola disse...

Hermosa, tem prêmio pra ti no encontros...bjos =**

Kari disse...

Sempre tão intensa...
E com palavras tão deliciosas de ler...

Muito melhor do que qualquer coisa, é querer ser... Pois "ser" é o mais importante!

Beijão

KimdaMagna disse...

...esquecido do fardo de ser tempo...
profundo e profícuo movimento!

...imiscuido na palma das minhas mãos...
felizardos os que nas suas mãos comandam e conduzem a poesia como você faz!

Xaxuaxo

«« ڱemöґïvö »» disse...

Agora sim, li tudo! ^^
E aleu a pena esperar ficar só para refletir sobre suas palavras que sempre são belas e que tanto me acalma.
Tens um dom de me tranquilizar sabia? Com este fundo músical tão interessante então.... aí sim que alcaço a paz. E estava precisando tanto dela.. Ando muito estressada ultimamente e vc conseguiu me acalmar. Esta música está me deixando tão bem...^^ Obrigada.

Ah! Adorei esta mensagem que vc deixou aí acima! Adorei! uahauhauha

Beijos

Ray

Flah disse...

EDNA,

Brigadão... beijo!

LARISSA,

que graça vc, menina... obrigada pela visita e pela gentileza. Volte sempre, viu? Será um prazer. Beijo!

.A NEGRA.,

Ah, linda... obrigada pelo crédito! E tá linda sua foto nova, assim, com flores e sorrisos... adorei. Beijo!

NINA,

Olhe, moça... pois eu acredito que vc me conhece mais do que imagina. Mesmo sem querer, acabo deixando muito de mim por aqui... e essa sua alusão à Clarice é uma prova - é umas das minhas frase preferidas, rs. Beijo!

DANIEL,

claro que pode, querido. Obrigada pela visita e pelos elogios, seja bem vindo. Beijos!

PAOLA,

Adorei esse lance de hermosa, hehe... tô passando pra pegar o presente (êêê!)... beijo!

KARI,

E vc sempre tão gentil, tão delicada. Obrigada, viu? Beijão!

KIMDAMAGNA,

Tanta gentileza em forma de palavras me tirou sorrisos aqui... e olha que hj não é um dia dos mais fáceis, rs. Muito obrigada, querido. Beijos!

RAY,

Querida, fico realmente feliz por saber que algo que eu faça aqui, de tão longe, pode tocar vc a ponto de fazê-la se sentir melhor. Não sei o que tem tirado a sua tranquilidade, mas não preciso saber para desejar, de coração, que isso tudo se dissipe e que vc realmente fique bem... qualquer coisa, se precisar conversar, é só chamar. E não me agradeça não, flor - ou melhor, agradeça plantando sorrisos aí no seu rosto e no seu coração. Beijos!

J. disse...

O texto é ótimo e a indicação de música também! Parabéns pelas duas coisas! Me decidi inquilino!

Sunflower disse...

Sem música a vida não teria sentido, né?

Beijaaa

Isaque Viana disse...

Olá, agente 'maç anh?' !

Vim aqui fazer a ronda.
A agente strawberry, ou berryzinha, me contou das novidades. Ela me disse que você passou pra ela todas as informações de nossa conversa.
Ah, sobre o seu texto:

Eu prefiro o silêncio por isso, para crer e não interromper milagres assim, como o teu texto.

beijo!

Walter Rodrigues disse...

Legal vc te postado este maravilhoso texto, flávia. Tenho ele guaradado em casa e quando quere me inspirar leio ele e lembro de seus olhos castanhos.

bjuss e sucesso, minha linda.

J. disse...

Que bom que te fez sorrir pq fiquei ateh com vergonha de vc visitar meu recinto! Seu comentário foi melhor que me texto! rs! Obrigado!

Patrícia Lage disse...

hahahahahahahahahahahahahahahaha...

'Quando nada acontece', amiga, é isso...

Todo amor do mundo da BerryzEnha aqui!

Extase disse...

estou ficando viciado em ler voce.

*Raíssa disse...

Amei o texto! Nem sei o que comentar sobre ele, só que é maravilhoso e inspirador! Quando será lançado o livro?

Fofa essa música que você pôs :)

Beijos

Flah disse...

J.,

já te disse, e repito - a casa é SUA. Terei o maior prazer tanto em te receber quanto eu visitá-lo sempre. Adorei seu blog, mesmo. Beijos!

SUNFLOWER,

Não consigo nem imaginar. Alguém teria que inventá-la. BeijAA!

ISAQUE, PATI,

Hahahaha!! Gente, tô rindo disso até agora... quase engasguei na hora do jantar pq dei risada quando não devia, rsrs... enfim, Mac e BerryzEnha, é nóis (e é NÓIAS) nessa. Beijos!

WALTER,

Isso para mim é um motivo de orgulho - saber que algo que escrevi tem servido para evocar tanta beleza que vc tem escrito... e eu adoro quando vc fala dos meus olhos, rs. Beijo!

EXTASE,

esse é o tipo de vício que se pode assumir impune, rs. Beijo!

RAÍSSA,

Essa música é uma delícia mesmo. E o livro, hum... vamos ver, rs. Beijo!

Germano Xavier disse...

Li de novo esse.
Caneta preta borrando o papel de sangue.

Bom de ler, Flávia.
Abraço forte.

Germano

F. Reoli disse...

Vendo essa tua foto e te lendo, percebo o quanto de suavidade e sintonia tem os teus olhos com as tuas palavras... te beijo!

Tyr Quentalë disse...

Olá!
Sei que tens sentido tristezas em minhas palavras. Seja nos comentários, seja em meus textos. Mantive oculto o meu mais recente blogger, que se encontra mais pesado, Belo, porém com algo que aperta o coração em sua negritude.
Mas venhho aqui e leio linhas belas, singelas, que mostram uma tristeza mais suave, mais delicada, de uma pessoa que deseja descansar um pouco para retornar às batalhas. Alguém carente, que pranteia em sutis lágrimas de um brilho singelo e abaixo-me, observando o seu redescobrir.
...
Algumas pessoas possuem uma luz bela e frágil e mesmo aquelas que parecem fortes e sombrias, sentem a necessidade de proteger essa luz...
Abraços e bem-vinda a este renascer tão belo que mostrou-me em suas linhas tão belas.

Palavras de um mundo incerto disse...

guria
tinha feito um comentário tão bacana(ontem), quando vejo a mensagem: blogger fora do ar no momento.

Um descontexto fantástico que fez com que batesse lá no fundo da minha caixinha(memória), momentos de minha infância.

Ah, logo vou poder escrever um diário de viagem e não um minidiário. Pernambuco é de uma requiza cultural sem igual.


Beijos e bom finde!!!


Marcos Seiter

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,酒店,