sábado, 30 de janeiro de 2010

Todas as Canções São de Amor

Para você, todo amor que houver nessa vida.

Soundtrack: Frejat - Amor Pra Recomeçar





Eu ainda não conheço você. Não sei se os seus olhos são castanhos como uma tarde repousada sobre a noite que ainda caminha sobre as horas, ou de algum outro tom entre a tranqüilidade e a inquietação. Não conheço ainda a sensação do toque as sua pele, eu que desejo tanto tocá-la. Não conheço ainda a sua risada; não conheço seus tiques, suas manias, a textura do seu cabelo cuja cor também desconheço.

Não sei se você gostará de Português ou Matemática. Não sei se preferirá azul ou amarelo; cachorros ou gatos; maçãs ou peras; brigadeiros brancos ou pretos; leite gelado ou morno. Se gostará de livros. Não sei o que quererá ser na festa de aniversário; não sei o que quererá ser quando crescer. Se terá medo de escuro e pedirá para deixar acesa a luz do armário na hora de dormir; se escreverá cartinhas ao Papai Noel ou se terá uma verve mais moderninha e esperará sem grandes superstições pela primeira bicicleta.

O que eu sei é que já há tanta coisa que gostaria de dizer, e sei também que todas essas coisas virarão apenas um silêncio bobo e emocionado quando eu olhar para você pela primeira vez. O que eu sei é que eu estarei ao seu lado na sua primeira cólica, na sua primeira gripe, na sua primeira febre, no seu primeiro passo, no seu primeiro tombo, na sua primeira palavra, no seu primeiro dente, no seu primeiro dia de aula, no seu primeiro amor, na sua primeira desilusão, e em quaisquer outra situações – porque eu ainda não conheço você mas já carrego você dentro de mim, e dentro de mim, além de você, carrego um amor que é o maior do mundo e que já é todo seu, eu que ainda não conheço a sua voz mas sei que ela será, para mim, todos os dias, a música mais doce, porque, com você, todas as canções são de amor.


O texto mais especial da minha vida para alguém
que existe há apenas 5 semanas e 1 dia, mas que já
é a pessoa mais especial da minha vida: meu filho.




51 comentários:

Tâmara disse...

Mainhaaaaaaaaa

Parabéns!!!!


lindaaaaaaaaaaaaa

Marcello M. disse...

nunca pude ver uma descrição melhor. invejo a sensação e ainda me traz lembranças. se orgulhará dele. pode ter certeza.

Kari disse...

Me emocionei, confesso.
Lindo, moçinha! Lindo demais!

E sim! Esse é o maior amor do mundo!!!! Até porque, filho é pra sempre, né? Não existe ex.filho.

Te desejo tudo de melhor nessa vida. Para vocês!!!!!!

Beijão!!!!!!
Ah! E sabe que eu vou casar Flavinha? É! Com aquele guri que escrevia o Palavras de um mundo incerto. Felicidade para nós quatro então, né?!

Débora Cecília disse...

amor-de-mãe. lindo! e seu agora...

Marguerita disse...

Me arrepiei toda!


Que lindo, Flávia!

Mais que lindo, uma bênção!

O ciclo da natureza reiniciando novamente!

Meus parabéns, mamãe!

Abençoadas sejas!

Beijão!

)O(

Erica Ferro disse...

Vale dizer que tô TODA arrepiada?

Que lindo!
Parabéns, mamãe!

Ah, mal sei o que dizer; adoro bebês.
Enfim, você deve estar radiante de feliz, né? :D

Um abraço, mainha, hehe.

Jaya Magalhães disse...

Não sei nem comentar, de tão contente que fiquei ao te ler hoje, Flá. Te ler assim. Te sentir, assim.

Parabéns para sempre!

Um beijo.

Antonio Sávio disse...

Oi moça. Tempos que não andava por aqui e voltando acho um belíssimo texto como o seu. Pontual, reflexivo na medida certa, na medida entre o poético e o filosófico. Genial. Parabéns.

Maria Rita disse...

UAU!
Que lindo *-*

paraabééns pra ti, flor!


Beeijos.

Dama de Cinzas disse...

Que lindo texto/declaração!!

Parabéns, viu!

Beijocas

Anne disse...

Ahhhh, mas que coisa mais fofa isso meu Deus! Parabéns Flavinhaaaa, fico mto mto mto feliz em saber dessa novidade! Q coisa mais linda, mana! Nem preciso dizer que desejo toda a felicidade do mundo pra essa nova família e que assim que eu souber o sexo do bbzinho, vou fazer algum presentinho pra ele, eu e minha mãe! Deixa comigo q vai ser algo lindo!

Aliás, ainda temos q combinar um dia pra se encontrar. Agora estou devolta das férias e amanhã já na labuta...

Bjos minha linda, parabéns mais uma vez! Aliás, falei um monte e esqueci de dizer que o texto ficou maravilhoso, especial!

Bjossssss

Luz da Lua disse...

Eu sempre venho ler os teus textos, nunca tinha comentado... Mas esse texto me emocionou tanto, mas tanto que eu vim aqui dizer: PARABÉNS!

Nasca disse...

o texto que eu vou ler, e reler..
ai Flávia, você é coisa fora de série. Fico bobo.

Doce :*

Keli disse...

Parabéns!!!!!
Felicidades nessa nova fase da sua vida!

Seu conceito de amor verdadeiro vai se transformar...

Bjo grande!

Mel disse...

Mais um texto que dispensa qualquer comentário, que faz pensar, que arrepia, que desperta aquele desejo de experimentar o amor sublime da maternidade.
Parabéns!

Du disse...

Eu que já passei por esta experiência, lendo o teu texto parece que revivi todos os passos do meu filho, que hoje já é um homem.
Este é o amor verdadeiro Flavinha, amor incondicional e único.
Parabéns!

[ rod ] ® disse...

Aqui também venho reverenciar esta vida que já em formação ilumina a ti e a todos que te preza. Criança me deixa mais bobão do que já sou! e por elas converto todas as minhas duras crenças. Grande bj moça e estamos todos a esperar pelo desdobrar dos acontecimentos...

Daisy Serena disse...

PER-FEI-TO!!!!!!!!!!!!!!!!!!


Parabéns Flavinha, que seja cada dia de todos os dias, mais e mais radiante!

=*

Geraldo Pinho disse...

Eis uma surpresa. Parabéns! Acho que você merece e também que vai gostar muito. Algumas pessoas possuem o dom, o talento para ser excelentes mães. Reconheço em ti tais habilidades.

Jaqueline Lima disse...

mais que isso...você vai querer estar com ele nos primeiros passos e nos inúmeros tombos...pra sempre!

parabéns bonita!

beijo!

Ingrith disse...

A mãe mais linda do mundo, toda felicidade!!!! Mega emocionada com o texto!!! E feliz por vc!!!

Chantinon disse...

Olha só...
A quanto tempo não passo por aqui!
Parabéns!
Toda sorte do mundo e felicidade para essa família que se forma!
Bjs

Bel disse...

Eu sempre leio por aqui, compartilho no google reader, mas acho que nunca comentei. No entanto, hoje é indispensável.

O texto foi lindo, e o momento emocionante. Eu estou com o meu caçula saindo de casa agora, passou no vestibular e foi pra aracaju. E deu lá dentro uma saudade enorme de quando ele ainda era somente meu, e não do mundo...

Beijo, e parabéns!

Altavolt disse...

E ele (ela) já sabe com certeza que escolheu uma grande mulher para ser sua mãe! Parabéns, Flávia! Se você já era uma pessoa muito especial, imagine agora, com a completude que esse filho trará?
Muitas felicidades para os dois! Beijos!

Fumaça Subindo disse...

que texto lindo, incrivel.

Mariana disse...

Parabéns, linda! =D

Que emoção ao ler tudo de mais lindo que você escreveu!
Que Deus abençoe mais ainda suas vidas!

Beijos!

Patricia Garbuio Bittencourt disse...

Seu texto é lindo demais,percebe-se que saiu de um coração sensível e cheio de amor.
Ser mãe é maravilhoso,cada etapa,desde a gestação até a fase adulta passamos por momentos lindos e difíceis.Tenho dois já adolescentes,mas não sabe a saudade que dá de um cheirinho de bebê e amamentar então!Bom demais!
PARABÉNS!
bjsss

Tudo ou nada ... disse...

Que lindo ... fiquei apaixonado por este sentimento .. parabéns e que ele dure muiiiiiiiiiiiito
bjos

Tudo ou nada ... disse...

Que lindo ... fiquei apaixonado por este sentimento .. parabéns e que ele dure muiiiiiiiiiiiito
bjos

D.J disse...

Menina linda, parabéns!
Que deus abençoe, e que esse bebezinho te dê mais inspiração ainda.
Lindo texto!
Beijo!

Menina da Imprensa disse...

Meu Deus, quanto tempo sem passar aqui... surpresa melhor, impossível! Enfim, de fato nascerá uma poesia! Parabéns a esse bebê que nascerá tendo a Mãe mais...putz, nenhum adjetivo está a sua altura. Que papai do Céu abençoe muito essa família!
Kisses

*Natália* disse...

Aaah que coisa linda !
Pelo visto a barriga deve tá começando a aparecer agora néé ?

Como tá tudo ?

beiijos.

Aprendiz disse...

Nossa..nem sou mãe e me emocionei...

Vou acompanhar sua gravidez virtualmente, quero compartilhar um pouquinho de sua alegria!

Parabéns Mainha!

Antônio disse...

Lindo texto, poético, sentido. Gosto de sua escrita.

Ceisa Martins disse...

Nossa!
E será que há emoção maior... Amor maior que esse?
Parabéns, Flávia!

Sinceramente, parabéns!

Voltei ao mundo da blogposfera!
=***

Jéssica disse...

Talvez, uma das declarações mais lindas que já li pra um filho. Filha, no caso, hehe.

Principalmente porque me lembrou essa música:

"Todas as canções são de amor
Tudo que cala
Tudo o que se fala é do amor
É se isolar ou se render.
Chuva, sol, frio ou calor
Tudo se iguala
Virando um fundo p'ro amor
E eu me lembrando de você"

Pullovers - Todas as canções são de amor. Vale a pena conhecer :)

;*

João Fco. Viégas disse...

PARABÉNS MAMÃE!
Sem palavras!

continuando assim... disse...

convite :

estamos perto do final... se final houver.
o capítulo 18, é o último capítulo do livro
quem já leu o "Continuando assim...", sabe como termina o livro.
A todos vocês que têm andado por aqui pacientemente , lanço o desafio prometido .
Antes de publicar o último capítulo , gostava que me dissessem como gostariam de terminar esta história de Alice e André.
Podem publicar os "vossos finais" nos comentários ou mandar directamente para o mail
queirozteresam@gmail.com
Irei postar aqui todos os finais possíveis , todos os "vossos finais" :)
Estou quase certa que algum de vós encontra o final perfeito.
está lançado o desafio, para já espero as vossas respostas
um grande beijo a todos !!

bj
teresa

Tiago Moralles disse...

O importante é saber ouvir.

Celine Ramos disse...

Que lindoooooO!!!!!!!!!!
Parabéns, flor!!!!
Essa voz que vc ainda nao ouviu será a musica mais tocada e preferida.
Lindo!

Leandro Lima disse...

Muitooo show, e no final fiquei pasmado quando li "meu filho".
o/

Marianna N. disse...

Há tempos eu acompanho esse blog, e fiquei impressionada quando li esse post. Ainda sou jovem, não tenho planos ou sequer expectativa de engravidar {; mas, sinceramente, a perspectiva da gravidez segundo esse texto alimenta a imaginação (e o coração) de qualquer mulher. Parabéns. Antes pelo texto, agora, pelo filho.

Keila Costa disse...

Oi Flávia,

estou passando aqui para lhe dizer que seu blogue está entre os meus 15 escolhidos ao Prêmio Dardos.
Todas as especificações sobre o prêmio está na última postagem do meu blog:

http://entrelugares.blogspot.com

Passe lá para conferir.

Beijo,
Keila

Cláudia I, Vetter disse...

que surpresa!

de fato o tempo deixa frutos e mesmo que não se esteha perto o tempo todo o tempo mostra que há raízes que nos ligam e satisfazem a boca com um sorriso de te ver assim, e florescendo cada vez mais.

saudades!

beijos e muita prosperidade nessa tua nova passagem! :)

Leandro Lima disse...

Parabenss!
quanto tempo não vejo seus textos!

maybe disse...

I'm appreciate your writing style.Please keep on working hard.^^

As Flores e Eu disse...

Muito lindo e emocionante.
Parabéns!
Voltarei mais vezes.
Beijos

Marguerita disse...

E aee, mamãe?
Como está?

Bjos

Anônimo disse...

Flavia,
por onde voce anda? Sinto falta dos seus textos!!!

Renata de Aragão Lopes disse...

A maternidade
é, de fato,
uma dádiva...

Já publiquei
em minha confeitaria
alguns poemas
em homenagem às mães.

Convido você
a conhecê-los!

Parabéns pelo pimpolho,
doce de lira

Taynar disse...

Hey, como está essa mamãe e sua pequena, mas já enorme, felicidade?

Beijos